Guias

sábado, 3 de abril de 2010

Poço Feio : Uma lenda e muitos abandonos.

Muito bem amigos, neste feriado estive visitando pela primeira vez um local que há muito me sentia atraído pelos relatos de amigos: Poço Feio. Talvez o nome do lugar não fazia sentir aquele despertar, mas fui! E qual foi minha surpresa não apenas pelas características físicas do lugar, mas entre outras coisas pelo total desprezo dos gestores públicos e ambientais. Uma lástima! Poço Feio é um sistema de grutas de formação calcárea que remota à era cretácea e se situa no Município de Governador Dix-Sept Rosado(15.000 hab), distante aproximadamente 40km de Mossoró/RN.

Tradicionalmente há uma lenda local que em noites de Lua Cheia há o surgimento de uma bela mulher que encanta os homens atraindo-os para labirintos subterrâneos ali existentes. A bela moça estaria enclausurada num baú calcáreo que se abre apenas naquelas noites. Muitos juram já terem ouvido seu canto, mas o que ninguém ainda ouviu mesmo é o "berro" do descaso ambiental ali verificado. O local tem livre acesso aos fins de semana, não há controle de nada! Pessoas embriagadas se aventuram pelos túneis acumulando casos de fatalidade, veículos motorizados circulam e destroem a paisagem local, lixo é encontrado por todo lugar, pichações são vistas em todas as formações rochosas sem dó, não se preserva as formações de estalictites. Em suma, em todo o entorno da caverna principal há uma verdadeira e impactante depredação pelo homem visitante. Uma única placa do Ibama existente apenas se limita a orientar aos bons modos de preservação e só. E olha, segundo um morador local, Seu Dimas, muitas vezes a placa é arrancada e jogada ao longe pelos frequentadores...que absurdo! O lugar atrai visitantes que realizam churrascos, bebedeiras, orgias, barulho e outros desrespeitos morais e ambientais....claro que também existem pessoas que ali vão com melhores propósitos, mas logo não se sentem bem e vão apenas para uma rápida visita. É triste ver algo tão belo da natureza ser assim alvo de vândalos e desprezo por autoridades locais.


A água límpida e transparente brota do subsolo e não tem mapeamento geológico e espeleológico. Toda a estrutura é apenas um campo vasto a ser pesquisado e registrado nessa comunidade local denominada sítio bonito. Tem que se pensar urgente uma maneira de transformar essa maravilha em pólo turístico sustentável para a melhoria dos nativos locais e também para a preservação natural. Do jeito que está não dá! É vergonhoso!

Poço Feio precisa ser encarado como patrimônio do Rio Grande do Norte e do Brasil, e só desta maneira poderemos ficar encantados ainda por muitos séculos!




4 comentários:

Rogério Leite disse...

Estreando nos seus comentários... Na Chapada Diamantina tem uma formação rochosa similar com uma lagoa muitas vezes maior. A degradação é a mesma, e o dono da terra é o primeiro a incentivar, porque cobra entrada para poderem ver a Pratinha. É triste, eu mesmo já me banhei nela, mas sempre com atenção, sem "zona" nem bagunça, nos tempos em que ela era um local desconhecido. O turismo sustentável é uma coisa que o turista deve praticar, mas que o local precisa também aprender a preservar e a cuidar. Sem ele participando da cadeia de preservação, entendendo que se aquilo se acabar o prejuízo é primeiro dele, nada vai nem pode ser feito. EM tempo, Djanilson... eu tenho outro blog em que fico de olho nestas coisas, o RECICLANDO & OLHANDO... voltado para meio ambiente e reciclagem. E não tinha nenhum contato com a região de Mossoró, terra para lá de quente [estive uma vez nas Termas, sucursal do inferno, quente para diabo!!! :)))] e é bom ter alguém do RN na minha lista... é uma rede de blogs virtuais espalhadas pelo país. Eu já te adicionei no Pedalando & Olhando. Lá vc encontra uma lista dos meus blogs, se for de teu interesse. QQ coisa no Recife, estamos ai!

DJANILSON disse...

Rogério, obrigado por suas palavras muito bem colocadas!Quanto ao calor aqui da região, é só uma questão de adaptação! Mas quem diabos se adapta, né? rsrsr Tenho um irmão em recife, qualquer dia apareço por aí! Abçs

Anônimo disse...

É infelizmente, estamos condenados a perder o que mais temos de bom que é o nosso ambiente natural.
Bom Domingo Amigo!!

Moisés Halison M. de Almeida

lenireide disse...

Eu ga Fui lar e vi o baú da moça é o poço tem esse nome por que tem uma parte do poço a é só para avisa isso que eu tô falando e verdade tá continuando tem uma parte do poço que tem um rio infinito e do lado do rio tem uma árvore das aumas de quem entra lá no rio o rio e cercado mas tem gente que não acredita e acaba entrando e morre e ce arrapende